Destaques


05/06/2020 - Robô-inseto com sistema nervoso artificial se move como inseto de verdade.




Cientistas espanhóis desenvolveram um robô capaz de reproduzir movimentos de insetos. O NeuroPod, como foi chamado, é um robô biomimético — área da Ciência que estuda estruturas biológicas e suas funções — que apresenta agilidade, quase como um verdadeiro ser vivo.


O projeto é capaz de andar, trotar e correr de forma semelhante aos insetos que conhecemos. O NeuroPod responde a estímulos externos através dos 30 neurônios artificiais que compõem seu processador neuromórfico — projetado com inspiração no cérebro natural.


Toda sua estrutura foi feita por impressoras 3D e contém 18 servomotores — mecanismos que simulam o sistema nervoso e motor. O movimento mecânico é convertido em pulsos digitais através de um decodificador e assim processado pelo hardware do NeuroPod.


Capaz de receber sensores visuais e auditivos, NeuroPod pode responder a sons ou imagens se receber aprimoramentos. Apesar de ter hardware mais simples do que os projetos equivalentes, o software do “robô inseto” assume um grande papel de modelar toda sua atividade e seus movimentos.


Por falar nele, o hardware que compõe o NeuroPod é resultado de um projeto de uma equipe de pesquisadores da Universidade de Manchester, no Reino Unido. O SpiNNaker, como o batizaram, é um projeto desenvolvido há anos e, depois de alguns retoques do time de cientistas espanhóis, o processador chegou a latências muito próximas de zero, proporcionando muita agilidade ao robô.


De forma similar a uma medula espinhal de um animal, o robô conta com um “Gerador Central de Padrões”, gerando movimentos para estímulos específicos. Esse sistema lança comandos de mudança de marcha para as seções do NeuroPod e permite a elas reagirem de acordo com a ação, seja modificando sua velocidade ou intensidade.


A finalidade do projeto é exclusivamente a pesquisa. O robô serve como ferramenta de estudo para auxiliar na análise de insetos de estrutura semelhante.



Compartilhe no    Compartilhe este destaque no Whatsapp Compartilhe este destaque no Twitter Compartilhe este destaque no Facebook