Notícias

12/03/2018 - Cigarrinha e enfezamentos no milho: manejo do risco e convivência



Recentemente, muitos produtores enfrentaram prejuízos severos na produção de sementes e de grãos de milho, resultantes do aumento expressivo na incidência das doenças denominadas enfezamentos. Estas doenças são causadas pelos molicutes espiroplasma e fitoplasma, patógenos que são transmitidos por um inseto-vetor, a cigarrinha Dalbulus maidis. "São doenças sistêmicas, altamente destrutivas, que se desenvolvem a partir da infecção da plântula de milho pelo molicute, e apenas na fase de produção podem ser reconhecidos os sintomas e os danos que causam", explica a pesquisadora Elizabeth de Oliveira Sabato, da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas, MG).


Leia a notícia na íntegra clicando aqui.


Fonte: Agrolink