Destaques

08/11/2017 - Formigas - Profissão: Preguiça



Já ouviu falar na história da cigarra de da formiga? Diz a fábula que, na mata, durante o verão, a cigarra aproveitou para cantar e curtir a vida. Já a formiga, por sua vez, trabalhou sem parar, a fim de juntar comida suficiente para passar o inverno, quando o acesso ao alimento seria mais difícil. Talvez tenha surgido daí a fama de que as formigas são muito trabalhadoras – tanto que algumas são chamadas operárias.


Pois bem. Prepare-se para mudar de ideia sobre as formigas, ou pelo menos sobre parte delas. Uma pesquisa feita nos Estados Unidos mostrou que algumas operárias são especializadas em ficar sem fazer nada! Por essa você não esperava, hein?


O estudo foi realizado por biólogos da Universidade do Arizona, que trabalham com a espécie Temnothorax rugtulus. Para entender melhor o comportamento desses insetos, os pesquisadores criaram um formigueiro no laboratório. Depois, instalaram câmeras e marcaram as formigas com tintas coloridas, para identificá-las.


“A maioria das formigas gasta boa parte do tempo atrás de comida, cuidando dos ovos ou do formigueiro”, conta Daniel Charbonneau, um dos biólogos envolvidos na pesquisa. “Mas encontramos um grupo de formigas que, aparentemente, não se envolve em nenhuma atividade. Elas estão, essencialmente, paradas”.


Segundo o pesquisador, a explicação mais provável é que essas formigas imóveis sejam um tipo de reserva para substituir outras trabalhadoras que morrem ou para entrarem em ação quando a carga de trabalho no formigueiro aumenta. “Também é possível que elas estejam pensando apenas em si; guardando energia e usando recursos do formigueiro para sua própria reprodução”, acrescenta Daniel.


Ainda não é possível afirmar com certeza como isso afeta a vida em sociedade dentro do formigueiro. Mas o cientista contou que a interação das trabalhadoras com as preguiçosas é muito pequena – talvez porque as formigas inativas fiquem lá paradas, enquanto as demais naturalmente interagem por causa do trabalho que estão realizando.


O próximo passo no estudo é descobrir qual a função das preguiçosas no formigueiro – aliás, descobrir se elas têm mesmo alguma função – e como isso pode afetar o grupo. E você? Tem algum palpite sobre a função de uma formiguinha preguiçosa?




Fonte: Ciência Hoje das Crianças

Foto: Matt Velazquez