Destaques


22/02/2006 - Formigas indicam a qualidade do meio ambiente




As formigas constituem um dos grupos de insetos mais importantes em florestas pluviais tropicais por serem extremamente abundantes. Elas influenciam fortemente os ecossistemas, uma vez que são importantes na incorporação de nutrientes ao solo e na sua aeração, além de serem predadoras de outros organismos regulando sua diversidade no ambiente.


As formigas dominam os solos das florestas tropicais e sua biodiversidade tem recebido atenção especial dos pesquisadores, devido a esse grande número de processos essenciais para o meio ambiente.


Desta forma, as formigas são excelentes bioindicadores, pois apresentam abundância local relativamente alta, riqueza de espécies local e global alta, espécies muito especializadas em determinadas atividades como predação e manipulação de sementes, são relativamente fáceis de serem coletadas e são bem conhecidas. Como bioindicadores, entende-se aqueles organismos ou comunidades que reagem a alterações ambientais modificando suas funções vitais e/ou sua composição química e com isso, fornecem informações sobre a situação ambiental.


Levantamentos da fauna de formigas em ambientes degradados ou em fase de recuperação têm sido realizados há algum tempo no Brasil. Recentemente, em um desses levantamentos, foi coletada espécie de formiga que ainda não estava incluída no catálogo das 12.000 espécies já conhecidas no mundo. A espécie foi coletada no Parque das Neblinas em Mogi das Cruzes, por pesquisadores da Universidade de Mogi das Cruzes e foi catalogada como sendo uma espécie de Megalomyrmex, mas ainda não tem um nome científico. O evento foi comemorado entre os pesquisadores, uma vez que não é sempre que uma nova espécie é descoberta.




Fonte: Por Ana Eugênia de C. Campos Farinha - Pesquisadora Científica do Instituto Biológico - Jornal Pedaço da Vila/Edição nº 47 de 7 de Fevereiro de 2006



Compartilhe no    Compartilhe este destaque no Whatsapp Compartilhe este destaque no Twitter Compartilhe este destaque no Facebook