Destaques

12/09/2012 - Cientistas descobrem vermes que invadem cérebro de cupins e aranhas



Cientistas ligados ao Departamento de Agricultura dos Estados Unidos identificaram espécies de vermes que invadem o cérebro de cupins.


A descoberta, dizem os pesquisadores, pode ajudar a combater os insetos, que são uma praga e causam prejuízos de US$ 1 bilhão por ano ao país.


O mais importante no verme Poikilolaimus, um tipo de nematóide, não é apenas ser invasor de cérebros de cupim, segundo os cientistas. O fundamental é que ele leva uma bactéria em associação simbiótica. O micróbio, quando em contato com o cupim, pode deixá-lo doente e até matá-lo.


O estudo foi publicado na revista Agricultural Research (Pesquisa Agrícola, na tradução do inglês). O inseto, conhecido como cupim subterrâneo (da espécie Coptotermes formosanus, inexistente no Brasil), é originário da Ásia e destrói a madeira de construções, segundo os pesquisadores.


Aranhas


Outro verme descoberto, uma espécie do gênero Panagrellus, invade o cérebro de aranhas tarântulas, tornando-se parasitas, segundo o estudo.


O nematóide microscópico afeta as aranhas a partir da boca, abrindo caminho para a cabeça e devorando o cérebro do aracnídeo. O verme possivelmente existe em larvas de besouros que servem de alimento para a tarântula, segundo o estudo.




Fonte: G1 - 2012

Foto: Lynn Carta/ARS/Divulgação