Pragas Urbanas

Cigarrinha

  • Introdução

As cigarrinhas são insetos que sugam a seiva das plantas. Pertencem a Ordem Homoptera e as famílias Membracidae, Aethalionidae, Cercopidae e Cicadellidae. As formas jovens das cigarrinhas, chamadas de ninfas, ficam protegidas por uma espuma branca característica, semelhante a cuspe. Tanto as ninfas quanto os adultos apresentam coloração diversa, variando do verde claro ao preto com manchas vermelhas, pretas e amarelas. O tamanho dos adultos varia de espécie para espécie.


Os membracídeos alimentam-se principalmente da seiva de árvores e arbustos, sendo a maioria das espécies específica quanto às plantas hospedeiras. Algumas espécies, na fase de ninfa, alimentam-se de gramíneas e outras ervas.


Os aetalionídeos são conhecidos por cigarrinha dos pomares. As espécies são encontradas em um número grande de plantas cultivadas. Formam colônias numerosas com muitos indivíduos.


Os cercopídeos são cigarrinhas de tamanho pequeno ou médio. São saltadoras e algumas espécies assemelham-se a pequenas rãs. Muitas espécies têm cores vivas e as espécies alimentam-se de diversos tipos de plantas.


Os cicadelídeos assemelham-se muito aos cercopídeos quanto a diversidade de tamanhos e cores. Ocorrem em quase todos os tipos de plantas.


Os danos ocasionados pelo ataque das cigarrinhas às plantas são: retirada excessiva de seiva levando à morte da planta, as folhas ficam cobertas de diminutas manchas esbranquiçadas ou amareladas, algumas espécies de cigarrinhas prejudicam a planta ao inserir os ovos em ramos verdes, muitas espécies são vetoras de organismos, como os vírus, que causam doenças nos vegetais e algumas causam definhamento e encrespamento das folhas.


Espuma produzida por cigarrinhas

As cigarrinhas eliminam pelo ânus um líquido açucarado denominado honeydew, que atrai uma grande quantidade de formigas. Este líquido corresponde a uma parte de seiva sugada e não utilizada pelo inseto. Uma vez em contato com as folhas, um fungo negro, denominado fumagina, cresce sobre o líquido açucarado, debilitando a planta.