Pragas Urbanas

Mosca Branca

  • Introdução

Apesar de terem o nome de mosca branca, esses insetos não são moscas. São insetos sugadores da Ordem Homoptera, família Aleyrodidae.


Os adultos assemelham-se bastante a pequenas mariposas brancas, medindo de 2 a 3 mm de comprimento e com as asas cobertas com pós de cera de cor esbranquiçada, secretados pelo próprio inseto. São encontradas em várias plantas, normalmente na face inferior das folhas, formando agregados, isto é, uma grande quantidade de indivíduos em um só local. Os jovens são sedentários, isto é, não se locomovem a grandes distâncias e assemelham-se muito a jovens de cochonilhas (ver cochonilha). Os adultos voam quando mexemos na planta, pousando logo a seguir. Muitas espécies são pragas importantes de diversas culturas e de plantas cultivadas em casas de vegetação (estufas).


As moscas brancas sugam a seiva das plantas causando o amarelecimento das folhas e sua queda prematura. Esses insetos liberam uma substância açucarada conhecida por honeydew que atrai formigas. No local onde cai o honeydew desenvolve um fungo preto chamado fumagina que piora o estado do planta.


Existem vários inimigos naturais das moscas brancas, principalmente himenópteros parasitóides, isto é, pequenas vespas que depositam seus ovos dentro dos jovens das moscas brancas, matando-os.


O controle em plantas ornamentais pode ser feito utilizando-se uma solução de água com sabão. Passa-se sobre as folhas atacadas, com um algodão, essa solução, sempre pela manhã bem cedo ou de preferência ao entardecer. Também existem vários produtos químicos no mercado para o controle das moscas brancas.