Pragas Urbanas

Taturana

  • Introdução
  • Destaques

As lagartas taturanas (tata = fogo; rana = semelhante) são também conhecidas por lagartas urticantes e lagartas de fogo. Pertencem à Ordem Lepidoptera, grupo que abrange as mariposas e borboletas.


As taturanas têm grande importância médica, pois, o contato das cerdas (pêlos) de algumas espécies com a pele humana pode causar lesões graves. Estas cerdas possuem glândulas na base ou no ápice, que produzem toxinas que causam as irritações. Seis famílias de lepidópteros são urticantes. São elas: Arctiidae, Limacodidae, Limantriidae, Megalopygidae, Notodontidae e Saturniidae.


Da família Arctiidae somente uma espécie tem importância médica, a Premolis semirufa, vulgarmente conhecida por lagarta pararama. A lagarta pode atingir até 40 mm de comprimento, possui coloração escura com manchas esbranquiçadas e a parte ventral vermelha. Estas lagartas ocorrem normalmente em plantios de seringueira ocasionando danos aos trabalhadores desta cultura. A pessoa acidentada apresenta inchaço, dores e imobilidade das articulações.


Da família Limacodidae as espécies Sibine spp. são as mais importantes do ponto de vista médico. No Estado de São Paulo, a espécie S. nezea é bastante comum. Nos Estados do sul do país a espécie S. barbara se destaca. As lagartas apresentam pêlos curtos, com comprimento de aproximadamente 20mm. As cerdas de veneno restringem-se às regiões da cabeça e anal. São comuns em limoeiros e erva-mate. Locomovem-se por meio de ondulações da parte ventral.


No Brasil as espécies de Limantriidae e Notodontidae não têm importância médica. Os acidentes com as espécies desta família não são graves, pois suas cerdas são frágeis.


Algumas espécies de taturanas são especialmente bonitas e atrativas, o que faz com que as pessoas, principalmente as crianças passem a mão sobre a lagarta. Espécies de megalopigídeos podem ter coloração que varia do cinza ao vermelho e os pêlos são sedosos que lembram um cachorrinho. Alguns nomes vulgares são dadas para estas lagartas como taturana-cachorrinho, taturana-de-flanela, taturana-gatinho, chapéu-armado e bicho-cabeludo.


Outras espécies possuem cerdas endurecidas sobre o corpo que lembram pinheirinhos de natal. A coloração normalmente é esverdeada com manchas brancas ou amarronzadas. As lagartas que possuem estas características são da família Saturnidae e uma espécie é muito perigosa, a Lonomia obliqua, pois causa hemorragias graves no acidentado podendo levar à morte.


Caso ocorram acidentes com lagartas urticantes o melhor é procurar um médico rapidamente. Coletar a lagarta também é importante, pois facilita a identificação e conseqüentemente o tratamento.

VEJA MAIS DESTAQUES CLICANDO ABAIXO:


Veneno de taturana contra trombose