Destaques

18/10/2017 - Cientistas encontram inseto supostamente extinto há 30 anos

Por cerca de seis décadas, pensou-se que as lagostas-de-árvore (Dryococelus australis) estavam extintas, mas uma nova pesquisa sugere que o misterioso inseto da Ilha Lord Howe, no Mar da Tasmânia, a cerca de 600 km da costa da Austrália, ainda está por perto e pode retornar ao seu habitat natural em breve.

11/10/2017 - A capacidade das abelhas de compreender o conceito do zero

Elas são produtoras de mel, cumprem um serviço ecológico essencial polinizando a maioria das plantas que nos servem de alimento e, como se não fosse o bastante, são capazes de entender o conceito do zero.

04/10/2017 - Uma nova espécie absurdamente grande de rato foi descoberta

Uma nova espécie da roedor, quatro vezes maior que o comum, foi descoberta nas Ilhas Salomão, no Oceano Pacífico. O animal, que chega a atingir quase meio metro de comprimento, vive entre as árvores e se alimenta de castanhas que abre com seus dentes.

27/09/2017 - O que acontece quando uma mosca pousa sobre sua comida?

Ela é a grande inimiga dos comedores de sopa, ainda que, na verdade, não seja tão seletiva para pousar em um só tipo de comida. Estamos falando – obviamente – das moscas, que não são agradáveis em nenhum contexto sequer, e que são verdadeiramente repugnantes quando estão por perto e, ainda pior, na sua comida!

20/09/2017 - Por que morcegos não conseguem desviar de superfícies lisas?

Alguma vez você já bateu em uma porta de vidro? Os morcegos fazem isso muitas vezes, e não porque estão distraídos: os mamíferos voadores não conseguem reconhecer superfícies verticais lisas como obstáculos.

13/09/2017 - Novas espécies de tarântulas gigantes descobertas

Um estudo liderado pela pesquisadora Caroline Sayuri Fukushima, do Instituto Butantã, famoso centro de pesquisa biológica, em São Paulo, descobriu três novas espécies de tarântulas. A surpresa maior fica por conta das três aranhas, do gênero Aviculária, serem tarântulas gigantes comedoras de pássaros.

06/09/2017 - Por que as abelhas podem ser o segredo para a superinteligência humana?

Uma ferramenta inspirada em enxames de insetos está ajudando as pessoas a prever o futuro, tornando grupos mais inteligentes do que seus membros são individualmente. Quem acredita ter descoberto uma forma de aumentar a inteligência de todos nós é Louis Rosenberg. E o segredo é simples: abelhas.

30/08/2017 - Formigas utilizam referências terrestres e estelares para se orientarem

As formigas utilizam pelo menos três tipos de memória para se orientarem e referências terrestres e estelares para se guiarem quando andam para trás, revela um estudo publicado na revista científica “Current Biology”.

23/08/2017 - Brasileiros apostam em veneno de vespa na guerra contra superbactérias

Cientistas brasileiros estão olhando com carinho para a vespa Polybia dimorpha. Na receita do veneno do inseto há um ingrediente que pode estar parte da resposta para um dos problemas mais importantes de saúde global: a guerra contra as superbactérias.

16/08/2017 - Técnica permite ver dentro de insetos vivos

Cientistas da Western University no Canadá desenvolveram uma técnica que permite conter temporariamente a movimentação dos insetos para que eles possam realizar micro-tomografias, tendo assim tempo o suficiente para estudá-los com calma.

09/08/2017 - Pesquisa altera árvore genealógica dos cupins

Recentemente, uma equipe de pesquisadores do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo (MZUSP), que tem estudado cupins há vários anos, causou uma reviravolta na classificação taxonômica de algumas espécies de cupim e acabou também por reconstruir parte da história evolutiva desses insetos.

02/08/2017 - As aranhas e o prazer da carne

Quem tem medo ou nojo dos animais de oito pernas e muitos olhos deveria agir com mais respeito: eles comem muito mais insetos do que a carne consumida pelos humanos. E assim desempenham um papel crucial na natureza.


1 | 2 | 3 | 4 |   [ próximo ]