Destaques

16/07/2019 - Centopeia, não a mate! Veja porque ela é útil em casa.



A centopeia enriquece o solo do jardim, contribuindo para o crescimento das suas plantas, controla a infestação de insetos como baratas, por exemplo.


No Japão, a centopeia é criada como animal de estimação e o nome que é dado à ela é Geji-Geji.


Conheça mais sobre a centopeia com as informações a seguir.



1. Informações Científicas



No Brasil, a centopeia é popularmente chamada de lacraia, mas, este conteúdo se refere a espécie Scutigera coleoptrata, cuja classificação científica é:


Reino: Animalia

Filo: Arthropoda

Classe: Chilopoda

Ordem: Scutigeromorpha

Família: Scutigeridae

Gênero: Scutigera


A Scutigera coleoptrata ou centopeia caseira, é uma espécie de artrópode pertencente à classe Chilopoda, e é muito comum encontrá-la em residências e em edifícios que possuem um ambiente com elevada umidade interna.



2. Descrição e características



Esse tipo de centopeia possui coloração amarronzada, pode ter até 15 pares de pernas.


Essa espécie é insectívora, por isso, se alimenta de outros artrópodes, como insetos e aracnídeos.


Vive, de forma nativa na Região Mediterrânica, mas com o tempo, se tornou uma criatura sinantrópica, vivendo geralmente em habitats humanos.


A centopeia caseira nasce como uma larva pálida com oito patas e conforme se desenvolve surgem novos pares, até ficar ao todo com 30.


As patas mais posteriores permitem que a centopeia se movimente com velocidade, enquanto as dianteiras a direcionam na caminhada.


O último par de patas da centopeia são mantidos em suspenso, que têm função semelhante às antenas dela.


Cada pata termina em um fim muito segmentado e flexível como se fosse uma corda, para agarrar a sua presa.


As glândulas de veneno são localizadas no primeiro par de pernas junto à cabeça dela e que são um par de maxilípedes (patas-maxilas que auxiliam na alimentação) chamadas de forcípulas.


A centopeia usa as forcípulas que são peçonhentas para apreender os insetos dos quais se alimenta.


Estas forcípulas também são usadas para a centopeia segurar os próprios membros, enquanto faz a limpeza deles.



3. Razões para deixar a centopeia viver no ambiente doméstico



Se você vir uma centopeia, ou lacraia, como também é conhecida, preserve a vida dela, pois, ela será útil ao equilíbrio do ambiente.


A Centopeia vive de três até sete anos, preferindo locais fechados, pouco arejados, úmidos e frios, como exemplo: adegas, banheiros, lavanderias ou rachaduras nas paredes e muros.


A espécie de centopeia Scutigera coleoptrata se alimenta de vários insetos, como: formigas, mosquitos, percevejos, cupins e baratas, por isso, impede o descontrole populacional em um ambiente, impedindo que haja uma infestação dessas espécies de insetos.



4. Como impedir a entrada de centopeias em ambientes onde dormem crianças e animais



Caso haja vários focos de umidade em seu lar, isto pode atrair várias centopeias ou lacraias e se for um local onde dormem crianças ou animais, você pode evitar a entrada e permanência desse inseto nesses lugares, mantendo o ambiente seco e limpo e tampando buracos, frestas e rachaduras nas paredes, soleiras ou nos rodapés e limpando atrás dos móveis e armários.


Algumas formas naturais de repelir este inseto em determinado ambiente é polvilhar um pouco de pimenta caiena ou cravo e café em pó no local desejado. Assim, a lacraia irá passar longe!



5. Cada ser tem o seu papel na natureza e no ambiente



De todas essas informações, pode-se concluir que, se não fosse as centopeias, a casa e o ambiente estariam super povoada de uma enorme variedade de insetos!


Graças às centopeias, isto não acontece. Por isso, se vê-la, preserve-a, pois ela tem o seu propósito para a natureza e o ecossistema.




Fonte: Green Me