Destaques

15/07/2015 - Aranhas produzem teias super-resistentes após receberem grafeno



A teia produzida pelas aranhas é um dos materiais mais resistentes da natureza. Fabricados com uma proteína, os fios são cinco vezes mais fortes que fios de aço do mesmo diâmetro e podem ser esticados até quatro vezes o seu comprimento sem se partir. O grafeno, por sua vez, é considerado o material artificial mais resistente do planeta. O que aconteceria se ambos os compostos fossem misturados?


Para ter a resposta, pesquisadores da universidade de Trento, na Itália, decidiram pulverizar grafeno e nanotubos de carbono nas aranhas, com um spray, e ver o que acontecia. Segundo a revista New Scientist, os cientistas estavam interessados especialmente na produção das teias.


Enquanto algumas das aranhas produziram teias um pouco menores do que o convencional, a equipe descobriu que a maioria delas fabricou fios que eram até 3,5 vezes mais fortes do que as teias produzidas naturalmente.


A base de comparação foi a espécie que produz as teias mais resistentes de todas: a Achaearanea tepidariorum, aranha encontrada apenas nos Estados Unidos.


Ainda não se sabe o que aconteceu com as teias para que elas ganhassem essa força adicional. Uma hipótese levantada pelos pesquisadores é que o grafeno e os nanotubos tenham grudado na parte externa das teias, reforçando suas estruturas.


Outra possibilidade é que os materiais a base de carbono tenham sido absorvidos pelo organismo da aranha e incorporados na teia produzida por elas.


Independentemente de como isso aconteceu, o teste não se mostrou seguro para os aracnídeos. Quatro aranhas morreram após receberem o spray, antes mesmo de produzirem teias.




Fonte: Info / New Scientist - 2015

Foto: Getty Images